https://www.facebook.com/ http://pensador.uol.com.br/colecao/masgalos/

terça-feira, 7 de abril de 2015

CONVERSANDO COM DEUS

  E quanto ao sofrimento? É o caminho para Deus? Alguns dizem que é o único.

 O sofrimento não me agrada, e quem diz isso não Me conhece. O sofrimento é um aspecto desnecessário da experiência humana. Não só é desnecessário, como também é desagradável e nocivo para a saúde.

 Por que existe tanto sofrimento? Por que o Senhor, que é Deus, não acaba com ele, se o detesta tanto?

 Eu já acabei. Vocês simplesmente se recusam a usar os meios que Eu lhes dei para fazerem isso. O sofrimento não tem nada a ver com os problemas, é apenas a reação das pessoas a eles.
 O que está acontecendo é apenas o que está acontecendo. Como vocês reagem a isso é outra questão.
 Eu lhes dei os meios para reagir aos  problemas de um modo que diminui - de fato, elimina - o sofrimento, mas vocês não usaram.

 Desculpe-me, mas por que não eliminar os problemas?

Essa é uma ótima sugestão. Infelizmente, não tenho controle sobre eles.

 O Senhor não tem controle sobre os eventos?

 É claro que não. Os problemas são ocorrências no tempo e no espaço que você escolhe produzir, Eu nunca interfiro com as escolhas. Fazer isso seria ignorar o motivo pelo qual Eu vos criei.  Alguns problemas vocês produzem voluntariamente, e outros atraiem, de modo mais ou menos inconsciente. Alguns, os grandes desastres naturais se incluem nesta categoria, são atribuídos ao "destino".

Voltando ao sofrimento - de onde tiramos a idéia de que o sofrimento era bom? A idéia de que os santos "sofrem em silêncio" ?

 Os santos realmente "sofrem em silêncio", mas isso não quer dizer que o sofrimento é bom. Os discípulos na escola do Mestre sofrem em silêncio porque compreendem que o sofrimento não é a vontade de Deus, mas em vez disso um claro sinal de que ainda há algo a aprender a esse respeito, a lembrar. O verdadeiro Mestre não sofre em silêncio, apenas parece estar sofrendo sem se queixar. O motivo de não se queixar é que ele não está sofrendo, mas apenas experimentando um conjunto de circunstâncias que você consideraria insuportável. Um Mestre não fala sobre o sofrimento simplesmente porque entende com clareza o poder da Palavra - e então escolhe não dizer uma só palavra sobre isso. Nós tornamos real aquilo a que prestamos atenção. O Mestre tem conhecimento desse fato, e escolhe o que deseja tornar real. Todos vocês fizeram isso de vez em quando. Não há uma só pessoa que já não tenha feito uma dor de cabeça desaparecer, ou tornado a visita ao dentista menos dolorosa, através de uma decisão nesse sentido. Um Mestre simplesmente toma a mesma decisão no que diz respeito a situações mais amplas.

CONVERSANDO COM DEUS Um diálogo sobre os maiores problemas que afligem a humanidade Livro I Neale Donald Walsch