https://www.facebook.com/ http://pensador.uol.com.br/colecao/masgalos/

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Amo-te exactamente como és ...Deus


“Eu, teu Deus, conheço a tua miséria, os combates e as tribulações da tua alma, a fraqueza e as enfermidades do teu corpo; conheço a tua frouxidão, as tuas falhas; mesmo assim, eu te digo: Dá-me o teu coração, ama-me como és. 
Se esperas ser um anjo para te entregares ao amor, nunca me amarás. Embora tornes a cair muitas vezes nessas faltas que desejarias nunca conhecer, embora sejas indolente na prática da virtude, não te permito que não me ames. Ama-me como és. Em cada instante e em qualquer situação em que te encontres, no fervor e na aridez, na fidelidade e na infidelidade, ama-me tal como és. Quero o amor do teu coração indigente. Se, para me amares esperas ser perfeito, nunca me amarás. Meu filho, deixa-me amar-te, eu quero o teu coração.
Tenho o cuidado de te formar mas, entretanto, amo-te como és.
E desejo que faças o mesmo, desejo ver, no fundo da tua miséria, subir o amor.
Hoje estou à porta do teu coração, como um mendigo, Eu, o Senhor dos Senhores. Bato e espero; apressa-te a abrir-me a porta, não alegues a tua miséria. Se tu conhecesses perfeitamente a tua indigência, morrerias de dor. A única coisa que poderia ferir-me seria ver-te duvidar e perder a confiança. Lembra-te: ama-me tal como és.
Não esperes ser um santo para te entregares ao amor, senão, nunca amarás”.