https://www.facebook.com/ http://pensador.uol.com.br/colecao/masgalos/

sábado, 10 de outubro de 2015

Casamento e namoro são aprimoramentos de relacionamento humano.

Meishu-Sama diz: “O ideal é ter amor e compreensão, mas se for para escolher entre uma mulher que você ama e a outra que você não ama, mas ela tem compreensão, melhor casar-se com a que tem compreensão, pois, da compreensão nasce o amor, mas o amor na maioria das vezes vira paixão e egoísmo.
Dependendo com quem o ser humano se casar, sua vida pode ir para o Paraíso ou para o inferno. 
Então, IN – é aquilo que vem dos antepassados e outras vidas. Se sente atração por uma mulher ou homem, é porque tem afinidade. 

O rosto, as pernas, o corpo físico, é apenas a forma que os antepassados encontraram para materializar afinidade. 
Ela é a maior beleza e também é a maior força de atração entre os seres humanos. Por isso, o homem e a mulher devem crescer em amor altruísta e se esforçarem para aprofundar sua inteligência, procurando aprender algo todo dia.
Não é interessante para o homem nem para a mulher conversar apenas de assuntos triviais. 

Meishu-Sama mesmo disse: “Falar com pessoas que não pensam em elevar seu espírito e aprofundar sua inteligência, não me desperta nenhum interesse, pois elas se limitam a assuntos banais, não falando de religião, de política, de filosofia e muito menos de arte.”
Também, o marido e a mulher devem procurar saber o que um deve aprender com o outro todo dia. O fundamental é se auto-perguntar: “Por que Deus me colocou do lado dessa mulher ou homem? O que Deus quer que eu aprenda com ela(ele) para cumprir minha missão?”
Pensando assim, eles nunca entrarão na rotina e o caminho da evolução será aberto. Se buscarem conhecimento, um vai procurar o outro com interesse para ouvir, para aprender. As pessoas pensam que namoro e o casamento acontece por acaso, mas ninguém se casa com quem quer.

Meishu-Sama diz:”É Deus quem determina a união entre um homem e uma mulher. Só nos casamos com quem possuímos afinidade (relações entre outras vidas), pois os antepassados atuam para que os dois se encontrem.”
Casamento e namoro são aprimoramentos de relacionamento humano. Às vezes num namoro, não temos missão com uma pessoa, mas precisamos passar por um período de aprimoramento com ela para resgatar dívidas.
O esforço que faço para fazer a(o) companheira(o) feliz e o esforço que a(o) companheira(o) faz para me fazer feliz é que gera o pagamento da dívida espiritual.
Tem mulheres (homens) lindas que você olha e não sente nada e tem aquelas que a gente sente o coração disparar, falta de ar, sensação de paz e etc.. Isso acontece por causa da afinidade espiritual.