https://www.facebook.com/ http://pensador.uol.com.br/colecao/masgalos/

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

QUEM NÃO TEM PECADO QUE ATIRE A PRIMEIRA PEDRA


“Alguns mestres da Lei e fariseus levaram a Jesus uma mulher que tinha sido apanhada em adultério e a obrigaram a ficar de pé no meio de todos. Eles disseram:
 -Mestre, esta mulher foi apanhada no ato de adultério. De acordo com a Lei que Moisés nos deu, as mulheres adúlteras devem ser mortas a pedradas. Mas o senhor, o que é que diz sobre isso?
Eles fizeram essa pergunta para conseguir uma prova contra Jesus, pois queriam acusá-lo. Mas Ele se abaixou e começou a escrever no chão com o dedo. Como eles continuaram a fazer a mesma pergunta, Jesus endireitou o corpo e disse a eles:
- Quem de vocês estiver sem pecado, que seja o primeiro a atirar uma pedra nesta mulher!
 Depois curvou-se outra vez e continuou a escrever no chão.Quando ouviram isso, todos foram embora, um por um, começando pelos mais velhos. Ficaram só Jesus e a mulher, e ela continuou ali, de pé. Então Jesus endireitou o corpo e disse:
- Mulher, onde estão eles? Não ficou ninguém para condenar você?
- Ninguém, senhor! - respondeu ela. Jesus disse:
- Pois Eu também não condeno você. Vá e não peque mais!” (JOÃO 8 v. 3-11)

“De novo Jesus começou a falar com eles e disse:
- Eu Sou a luz do mundo; quem Me segue nunca andará na escuridão, mas terá a luz da vida. Vocês julgam de modo puramente humano; mas Eu não julgo ninguém.
E, se Eu julgar, o Meu julgamento é verdadeiro porque não julgo sozinho, pois o Pai, que Me enviou, está Comigo.”                  (JOÃO 8  v. 12, 15-16)

Todos somos filhos do mesmo Pai, o Deus Todo-Poderoso.  Foi Ele quem nos deu vida. Mas embora alguns tenham tomado caminhos errados,  continuam sendo filhos de Deus e nossos irmãos. Somos uma família, por isso devemos obedecer ao Pai, para sermos usados por Ele para ajudarmos nossos irmãos. Como Pai Deus fica triste em ver Seus filhos sendo usados pelo inimigo para fazer mal uns aos outros. E Ele quer que esses filhos enxerguem o caminho errado que estão seguindo. E Deus conta conosco para trazer nossos irmãos de volta para Ele. Por isso paremos de ofender, de apontar o erro do outro, pois agindo assim seremos reconhecidos como filhos de Deus.


“Jesus também contou esta parábola para os que achavam que eram muito bons e desprezavam os outros:
- Dois homens foram ao Templo para orar. Um era fariseu, e o outro, cobrador de impostos. O fariseu ficou de pé e orou sozinho, assim: ‘Ó Deus, eu te agradeço porque não sou avarento, nem desonesto, nem imoral como as outras pessoas. Agradeço-te também porque não sou como este cobrador de impostos. Jejuo duas vezes por semana e te dou a décima parte de tudo o que ganho.’
- Mas o cobrador de impostos ficou de longe e nem levantava o rosto para o céu. Batia no peito e dizia: ‘Ó Deus, tem pena de mim, pois sou pecador!’
E Jesus terminou, dizendo:
- Eu afirmo a vocês que foi este homem, e não o outro, que voltou para casa em paz com Deus. Porque quem se engrandece será humilhado, e quem se humilha será engrandecido.” (LUCAS 18 v. 9-14)