https://www.facebook.com/ http://pensador.uol.com.br/colecao/masgalos/

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Tudo o que eu tenho não me pertence

Tudo o que eu tenho não me pertence, embora faça parte de mim e molde a minha maneira de ser.
Tudo o que sou serve para que eu possa dividir com aqueles que entram na minha vida as minhas experiências.
Ninguém cruza o nosso caminho por acaso e nós não entramos na vida de alguém sem nenhuma razão. Há muito para dar e para receber; Há muito que aprender, com experiências boas ou negativas. É isso... Tentem ver as coisas negativas que acontecem com vocês como algo que aconteceu por uma razão precisa.
Não se lamentem pelo ocorrido; Além de não servir de nada reclamar, isso vai apenas vendar os vossos olhos para continuarem o vosso caminho. Quando não conseguimos tirar da cabeça que alguém nos feriu, estamos somente a reavivar a ferida, tornando-a muitas vezes bem maior do que era no início.
Nem sempre as pessoas nos ferem voluntariamente. Muitas vezes somos nós que nos sentimos feridos e a pessoa nem percebeu; E nos sentimos decepcionados porque aquela pessoa não correspondeu às nossas expectativas. Às nossas expectativas!!! E sabemos lá quais eram as suas expectativas?
Nos decepcionamos e ficamos decepcionados. Mas, claro, é bem mais fácil pensar nas coisas que nos atingem. Quando alguém vos disser que vos magoaram sem intenção, acreditem nela! Vai-lhes fazer bem. Assim, talvez, ela possa entender quando vocês, sinceramente, disserem que "foi sem querer".
Dêm de vocês mesmos o quanto puderem!
Sabem... Quando vocês se forem, a única coisa que vão deixar é a lembrança do que fizeram aqui. Sejam bons, tentem dar sempre o primeiro passo, nunca neguem uma ajuda ao vosso alcance, perdoem e dêm de vocês mesmos. Sejam uma bênção!

A eternidade está nas mãos de todos nós.
Vivam de maneira a que quando vocês se forem, muito de vocês ainda fique naqueles que tiveram a boa ventura de vos encontrarem e conhecerem-vos.


Eu bem tento... mas nem sempre consigo...
 Nuno_Ferreira