https://www.facebook.com/ http://pensador.uol.com.br/colecao/masgalos/

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

SAUDADE - http://pensador.uol.com.br/colecao/masgalos/

Hoje voltou a saudade
Do sonho que vive em mim
É a presença sentida do desconhecido,
Deste sentido amor tão cúmplice
Que não sei explicar, apenas sentir!
Por vezes adormece e eu fico confusa
E penso... o sonho morreu!
Se é saudade dum amor sonhado
porque, o sinto tão intenso e belo?!
Eu sei, a minha alma pressente 
Sinto-me sorrir, de sonhar o teu sorriso terno.
Não sei se te idealizo, mas gosto...
Não há incoerência 
Sinto-me prisioneira do meu sonho
O meu corpo desconhece-te eu sei, 
Embora te sinta!
Mas na intimidade da minha alma
Serás eternamente reconhecido
Eu sinto e gosto... 
Tu és a estrela, a única que brilha ao luar.
Encontro-te nas ondas do mar
Imagino-te no topo da montanha
Sinto o teu perfume numa singela flor
Dá-me um sinal da tua presença 
Deixa o meu amor percorrer-te de mansinho
Queria ouvir a tua voz sussurrando "amo-te"
Entrelaçados para sempre meu amor.
Ao amanhecer vou esperar por ti
Quem sabe desembarcas no porto
Onde aguardo serena a tua chegada
O mar conhece os meus desabafos
Divido com ele os meus sonhos
As ondas beijam meus pés
Enquanto caminho sobre a areia
E o sal alimenta a minha esperança
Dizendo, não desistas volta amanhã.



Marília Masgalos