https://www.facebook.com/ http://pensador.uol.com.br/colecao/masgalos/

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

" Os que semeiam em lágrimas cegarão com alegria..."

" Os que semeiam em lágrimas cegarão com alegria..." Já dizia o Salmista prevendo que dias de angústia existiriam em nossas vidas. Dias difíceis, dias de guerra. Não é fácil aceitarmos o dia mau, nem o dia de perda, de vergonha, de humilhação...E assim, ainda sem entendermos as causas da nossa dor, questionamos Deus, queremos respostas imediatas para nossa tribulação, queremos que cesse o vento, queremos que o mundo pare e que a nossa vitória, nossa conquista, nosso sonho se realize assim, como em um passe de mágica sobrenatural, queremos que Deus execute nossas tarefas e que Ele nos sirva. Queremos vencer e quem não quer? Já parou para pensar? Quem é que gosta de uma vida dura, triste, dolorosa e sofrida? Ninguém, nem Deus quer! Acredite! Mas somos responsáveis pelas nossas lutas, tristezas, vergonha, mas também existe um mistério sobrenatural na escassez, na luta, na humilhação que estamos muitas vezes, enfrentando, mesmo que não sejamos cem porcento responsáveis pelo nosso quadro de dor, de perda, de "prova". É tão difícil entendermos Deus, pois não pensamos como Deus, nem agimos como Ele, pois somos corrompidos pelo nosso próprio ego, nossa vaidade, nossa soberba, pecamos. E ai, Deus começa modelar nosso ego, quebrando pouco a pouco, mudando nosso modo de agir, de pensar, de sentir, de forma também sobrenatural, perfeita e muitas vezes, nós nem percebemos. Deus realiza a obra de salvação na vida dos escolhidos de forma única, sublime, especial, e nós, não temos o poder de auto-libertação. Talvez, creio eu, seja este, o mistério da escassez, da luta, da perda, do sofrimento. Aquele que esta disposto a mudar, que permite o trabalhar de Deus, mesmo sem entender, lá na frente vai perceber que tudo foi mais que válido para um crescimento espiritual, pois não ireis ser salvo de qualquer maneira. A libertação é um processo lento, e que sejamos capazes de entender que não temos esse poder em nossas mãos. Que possamos entender que, somos sim,dependentes de Deus, nosso Pai Celestial e Ele não te deixará a deriva...Entenda, é difícil de aceitar, mas nas horas de choro eu me lembro de Davi e na minha mente vem uma frase: Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria...Acredite! Eis que vira o tempo de sorrir, mas os sábios tem o coração na casa de luto, já dizia o Pregador.

F.R