https://www.facebook.com/ http://pensador.uol.com.br/colecao/masgalos/

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

“Então, disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz, e siga-me” — (Mateus 16:24).


«O que é um “cristão”? 
Alguém que sustenta ser membro de alguma igreja terrena? Não. 
Alguém que crê num credo ortodoxo? Não. 
Alguém que adopta um certo modo de conduta? Não.

O que, então, é um cristão? 
Ele é alguém que renunciou a si mesmo e recebeu a Cristo Jesus como Senhor(Colossenses 2:6). 
Ele é alguém que toma o jugo de Cristo sobre si e aprende dEle que é “manso e humilde de coração”.

Não cometa engano neste ponto, “E qualquer que não tomar a sua cruz e não vier após mim não pode ser meu discípulo” (Lucas 14:27), disse Cristo. 
E novamente Ele declarou, “Mas aquele (ao invés de negar a si mesmo) que me negar diante dos homens (não “para” os homens: é a condutao caminhar, que está aqui em causa), também eu o negarei diante do meu Pai, que está nos céus” (Mateus 10:33).

O grande alvo, fim e tarefa posta diante do Cristão é seguir a Cristo — seguir o exemplo que Ele nos deixou (1 Pedro 2:21),

 e Ele “não agradou a si mesmo” (Romanos 15:3). E há dificuldades no caminho, obstáculos na estrada, dos quais o principal é o ego. 
Portanto, este deve ser “negado”. Este é o primeiro passo para se “seguir” a Cristo.» - 
Arthur W. Pink, "A cruz e o ego"