https://www.facebook.com/ http://pensador.uol.com.br/colecao/masgalos/

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

ONDE ESTAS?

A felicidade não é deste mundo. A felicidade é o nosso estado natural que só se recupera quando tiramos a atenção do mundo, não quando a colocamos nele. Ou seja, o mundo precisa de nossa consciência e da nossa divindade.
Uma das frases mais iluminadas que conheço é a seguinte: ' a vida não é mais que uma sucessão de experiências na consciência ', de Nisargadatta Maharaj. E é assim. Enquanto estamos aqui na Terra a fazer os nossos trabalhos quotidianos, responsabilidades, a tratar da nossa família, amigos, de divertirmo-nos, distrair-nos, educar os nossos filhos, etc, nos esquecemos que tudo é passageiro, fictício e pequeno. Para a alma, esta vida é apenas um segundo, o mesmo que para nós pode significar o dia de ontem. Não nascemos nem morremos nunca. Somos a energia que criou o Universo, que move a Terra, que faz crescer as plantas e árvores. Somos a própria vida. Não somos nem o corpo, nem a mente, nem a personalidade, nem as emoções. Estas coisas simplesmente nos ocorrem.  Estão ligadas ao fator tempo, enquanto que nós somos a eternidade. Usamos o tempo simplesmente para servir o nosso propósito de evoluir neste plano. Nada do que nos é tão familiar no quotidiano é real.

Somos eternos!!! Estas duas palavras não são teoria.


 Nós somos a essência da felicidade!! Se não a estamos a sentir,  é porque fomos condicionados desde o primeiro dia do nosso nascimento para viver na ignorância e no desamor. Tivemos pais inconscientes, muito desligados do seu próprio ser e da verdade. Como é que a iria ensinar?

Se tivéssemos nascido num lar com pais acordados, vibrando em amor incondicional, lembrando que somos almas e não pessoas, e conscientes de que só estavam na Terra por um momento, que a casa verdadeira era a eternidade, a luz e a perfeição, nós não teríamos tanta dificuldade em experimenta-lo, não o esqueceríamos tão facilmente..

Claro que é difícil recordá-lo diariamente, e mais atolados nas densas energias que temos de enfrentar diariamente por viver numa sociedade primitiva em termos de desenvolvimento espiritual. Mas esse é o grande desafio de vir para a Terra. Ser mais fortes do que os nossos condicionalismos, que o nosso ego, e que o sistema.

O que temos de compreender é que a evolução é inevitável. Isto ajuda. 


 (POR LIC. FERNAN MAKAROFF)